CME GARANTE A MANUTENÇÃO DAS ECLUSAS DO DOURO

CME GARANTE A MANUTENÇÃO DAS ECLUSAS DO DOURO

25-07-2019

 

Desde junho de 2018 que a CME é responsável pela manutenção das eclusas de POCINHO, VALEIRA, RÉGUA, CARRAPATELO e CRESTUMA-LEVER do rio Douro.

Para assegurar a navegabilidade do rio foram construídas cinco barragens, no troço nacional do rio, incluindo cada uma delas uma eclusa. As eclusas funcionam como degraus ou  elevadores que permitem a navegabilidade em locais do leito com desníveis, através de um processo de eclusagem único no mundo: Existem duas comportas que separam os dois níveis do curso da água. Quando a embarcação precisa subir o rio ela entra na eclusa pelo lado jusante e permanece na câmara. A comporta de jusante é então fechada e a câmara enchida com água, causando a elevação da embarcação até que se atinja o nível do reservatório superior. A partir desse momento, a comporta de montante pode ser aberta e a embarcação sai da eclusa.

Para que todo o equipamento esteja em pleno funcionamento durante este processo, a CME assegura a manutenção das eclusas través das seguintes ações de manutenção:

-          Preventivas Sistemáticas – programação feita em SAP PM pelo cliente e entregue para execução;

-          Corretivas – despoletadas durante a operação ou durante as preventivas sistemáticas;

 -          Melhorativas – propostas feitas para melhoria das diversas ações de operação e manutenção.

O contrato assinado com a EDP Produção termina em junho de 2020, estando sujeito a 2 possíveis renovações.